GERENTE

EXPERT

Imagem

Criando Um Ambiente De Alto Impacto

Criar um ambiente de trabalho saudável é um dos diferenciais entre um chefe e um líder inspirador. Ambientes de trabalho onde o líder centraliza tudo em si, não delega atividades para que sua equipe se desenvolva, foca a maior parte do tempo nos problemas, cobra a sua equipe de forma sarcástica e ainda por cima não é claro em suas determinações, gera um clima de desconfiança e insegurança impedindo a equipe de crescer, limitando o seu próprio crescimento e os resultados positivos que o negócio pode gerar. 

Este tipo de situação não acontece somente em empresas privadas, as
empresas públicas onde os gestores sofrem uma influência política muito forte a situação poderá ser ainda mais grave, porque as competências e habilidades das pessoas são deixadas para um segundo plano e o que importa é como ela chegou a determinada função, ou seja, quem a indicou. 

Em ambos os casos existem formas eficazes de inspirar e motivar as pessoas
de sua equipe a conquistarem resultados significativos que obviamente
refletiram em sua performance como líder e nos resultados do negócio. 

1. As pessoas devem ter um compromisso claro com a Visão, Missão e
Valores do negócio. Para isto a empresa deve ter a clareza destes três
elementos e seus gestores devem ter comportamentos e atitudes que
demonstrem alinhamento com este tripé. Organizações que tem como um
de seus valores principais as pessoas e o gestor quando demite um funcionário o faz por telefone, está agindo de forma incoerente com a
proposta deste valor e cria no ambiente de trabalho, insegurança e desconfiança sobre os demais valores definidos como os mais importantes
do negócio. 

2. O líder deve trabalhar diariamente para valorizar seu time. Evitar as
críticas em público, cumprimentar as pessoas olhando fixamente em seus
olhos, escutar de forma passiva demostrando que você se preocupa com
ela, praticar diariamente o feedback com foco no desenvolvimento das
competências, habilidades e dar autonomia são formas eficazes de desenvolver pessoas. Muitos chefes ameaçam seus funcionários, mostrando ser incapaz de reconhecer que o problema está nele próprio e que atitudes como está o coloca como um gestor limitado e de poucos recursos de liderança. Muitos líderes ficam tão presos em seu ego, que são incapazes de delegar e dar autonomia para que sua equipe possa crescer em conhecimento e inspiração. 

3. Trabalhar com as pessoas para que elas reforcem a sua autoestima e
passem a gostar mais de si mesmas. Como líder toda atitude e
comportamento afeta de forma positiva ou negativa seus liderados. Nas
relações sempre ocorre uma carga emocional que dependendo da
intensidade pode afetar negativa ou positivamente para sempre a pessoa
atingida. Quanto mais o líder conhece as pessoas de sua equipe, como por
exemplo, as suas forças, talentos, significado e proposito de vida, seus anseios dentro da organização, mas ele terá ferramentas para agir de forma
a construir continuamente a autoestima, que leva a autoconfiança e o
sentimento de respeito. 

As pessoas têm um potencial ilimitado que pode ser usado para executar
determinadas tarefas de forma mais produtiva. O papel do líder é criar um
ambiente saudável onde as pessoas se sintam importantes e motivadas a fazer um bom trabalho. Muitas vezes é necessário substituir as pessoas que
apresentam baixa performance e baixo potencial, porém, mesmo neste caso o líder deve agir com respeito, transparência e clareza para tornar ainda mais
dolorosa a saída do profissional.

Um forte abraço.
João da Silva
Paulo Roberto Andreotti
Paulo Andreotti é especialista em Liderança e Gestão, é o idealizador da Semana do Gerente Expert, fundador do Programa Gerente Expert e do Curso Online Equipes de Excelência.

Nos últimos anos, ele vem ajudando Gerentes e Líderes a aumentarem em até 80% suas remunerações mensais em 12 semanas ou menos, superarem metas todos os meses de forma consistente e se tornarem profissionais reconhecidos e admirados.

Após atuar como executivo em uma grande multinacional por mais de 12 anos, alcançar resultados incríveis com suas equipes (incluindo a realização com sucesso de mais de 80 projetos em apenas 11 meses atuando fora do Brasil) e ter um dos maiores salários da empresa, decidiu ajudar gerentes a alcançarem resultados parecidos.
Feito com